A ATUAL SITUAÇÃO ECONÔMICA DO PAÍS

março 24, 2008

          A atual situação econômica do Brasil é favorável, a administração do presidente Lula gerou uma estabilidade que permitiu que o país passasse de “devedor” para “credor” Internacional, um porto-seguro frente à ameaçadora Crise que assombra o Mercado Internacional.

“Em 2003, quando eu tomei posse, o Brasil tinha 30 bilhões de dólares em reservas, dos quais 16 bilhões eram do FMI. Então, na verdade, nós tínhamos 14 bilhões. Nós devolvemos para o FMI os 16 bilhões deles, pagamos o Clube de Paris, e temos hoje quase 200 bilhões de dólares de reservas”

Lula, ressaltando a condição de credor externo que o Brasil atingiu recentemente.

          Comparada por alguns analistas à crise de 1929 e classificada pelo ex-presidente do Fed. Alan Greenspan, como a mais grave desde o fim da Segunda Guerra Mundial, a atual crise norte-americana foi considerada por Lula muito mais grave que a crise asiática, que teve forte impacto na economia brasileira.

“Vocês estão lembrados de que em 1998 teve uma crise na Malásia e o Brasil quase quebrou. Agora, nós estamos com uma crise certamente 30 vezes mais forte do que a da Malásia, que é uma crise na maior economia do mundo”,

Lula, em seu discurso na capital do Mato Grosso do Sul, divulgado pela assessoria de imprensa do Planalto.

         Para o presidente, o Brasil não sofre tanto o impacto da crise porque foi preparado para isso, voltando a afirmar que o Brasil vai crescer em 2008 mais do que em 2007, e que o crescimento da economia será acompanhado do aumento do consumo interno.

“Precisamos de gente comprando para as empresas crescerem. E precisamos ter empresas produzindo porque se não produzirem gera inflação, com a demanda maior do que a oferta. Então, nós estamos tendo esses cuidados excepcionais para não permitir que este momento mágico se transforme em sofrimento amanhã.”

Citações: O Globo On-Line 18/03/2008

         O Brasil está vivendo um momento mágico de sua história, talvez um dos melhores, podendo ser atrapalhado apenas pelos impactos da Crise iniciada pela Quebra do Mercado Imobiliário nos EUA e que deverá apresentar reflexos aqui. O fato é que, o nosso Mercado está preparado ( amparado pela Reserva de Capital ) mas não imune à uma Crise de maiores proporções.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: